Horário de funcionamentoDe terça-feira a domingo: 10.00h - 18.00h
Horário de funcionamentoDe terça-feira a domingo: 10.00h - 18.00h
Utentes da APPACDM criam obras para Calendário Solidário

Notícias

Utentes da APPACDM criam obras para Calendário Solidário

  •  
NOTÍCIA09DEZEMBRO 2019
Notícias
  • Condeixa-a-Nova: Tuk Tuk leva turistas a rotas desconhecidas 0
    Na imagem Condeixa-a-Nova: Tuk Tuk leva turistas a rotas desconhecidas 0
Os utentes da APPACDM de Condeixa-a-Nova participaram, na semana passada, nas oficinas artísticas promovidas no âmbito da exposição “CRIDEM 2018”, que esteve patente no Museu PO.RO.S, criando obras inspiradas na temática do romano que farão parte de um calendário solidário.
As oficinas contaram com a supervisão do monitor António Pedro Martins, escultor e professor de artes visuais que orientou os alunos da APPACDM de Condeixa na criação de pinturas alusivas aos mosaicos romanos e todo aquele período histórico. A partir desses trabalhos será criado um calendário de 2020, numa parceria entre o Museu PO.RO.S e a APPACDM, para que os lucros das vendas revertam a favor da instituição.
“A APPACDM desempenha um papel notável no apoio e acompanhamento de dezenas de pessoas portadoras de deficiência e esta iniciativa é uma oportunidade para reconhecermos, coletivamente, esse papel tão relevante. Espero que os condeixenses sejam solidários e colaborem na compra dos calendários, cujas receitas revertem na sua totalidade para a instituição, comparticipando o município nas despesas de produção”, apelou Nuno Moita da Costa, presidente da Câmara Municipal de Condeixa.
As oficinas artísticas para os utentes da APPACDM de Condeixa-a-Nova decorreram na sequência da exposição itinerante “CRIDEM 2018”, que terminou no último fim de semana no Museu PO.RO.S, resultante do concurso nacional de obras de expressão plástica de pessoas com deficiência.
A mostra, visitada pelos utentes da APPACDM de Condeixa-a-Nova, foi uma organização da Câmara Municipal de Condeixa com a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) do Porto, a Fundação Manuel António da Mota e a Fundação Montepio.
 
Fonte: https://cm-condeixa.pt/noticia/2296/